Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese



ONLINE
1




Partilhe este Site...

 

Verbo Encarnado, Amor Personificado

Deus viu a humanidade em seu estado de pecado,

Eternamente em miséria e condenado,

Embora o homem se rebelasse contra Deus,

Soberanamente por amor, Ele resgataria os Seus.

===//===

E pelo fato de tanto tê-los amado,

O Verbo que se fez carne foi espancado, zombado, torturado,

Humilhado, ignorado, rejeitado, açoitado,

E sem abrir a boca, ainda por amor, morreu crucificado.

===//===

Seria ele então na morte abandonado?

De modo algum seu plano redentor havia sido frustrado,

Pois ao terceiro dia, ele foi ressuscitado!

===//===

Quem confia nisso será, inocentado,

Porque o resgate por sua vida certamente já foi pago,

===//===

E então daremos graças por Ele ter nos resgatado,

E por Ele viveremos, estando sempre ao Seu lado!

 

Porque é tão difícil confiar naquele que morreu em seu lugar?

Alguém que você conhece morreria por você, HOJE, como Jesus morreu?



Catecismo Vs Bíblia - Muitas Contradições
Catecismo Vs Bíblia - Muitas Contradições

Contradições: Bíblia x Catecismo da Igreja Católica

Aqui pretendo expor cerca de 45 contradições presentes no Catecismo da Igreja Católica quando comparado com a Palavra de Deus.

Se a igreja é infalível em matéria de fé como afirmam os católicos e se a Palavra de Deus é inspirada por Deus e isenta de erros e contradições, logo, não pode haver discordância entre a interpretação feita pelo catecismo acerca das Escrituras. Se houver, o erro não está nas Escrituras, mas sim, na interpretação de homens, pois o próprio Jesus afirmou que "a Palavra de Deus é a VERDADE" (Jo 17.17). Se houver discordância, uma sequer, entre TODO o catecismo e a Bíblia, fica mais do que comprovado que o Catecismo não pode ser regra de fé em pé de igualdade com a bíblia e que o magistério da igreja falhou.

Não se trata simplesmente de "interpretações" equivocadas das Escrituras, mas vemos claramente que tratam-se de erros grotescos que contradizem claramente o que a Palavra de Deus nos mostra. Só pra citar um exemplo, a bíblia no mostra que não há outro salvador além de Jesus Cristo, já o catecismo, afirma que fora de Cristo há salvação por "outros meios", como se Jesus não tivesse dito que ele é o ÚNICO Caminho ao Pai (Jo 14.6).

Essa é só uma das 45 contradições que serão apresentadas abaixo. Certamente existem mais!

É isso o que pretendo mostrar aqui. O quanto o catecismo "infalível" em matéria de fé está longe de apresentar a VERDADE contida na Palavra de Deus.

Na tabela não está mencionado o fato mais curioso, que eu gostaria de abordar aqui, brevemente.

No Catecismo da ICR, os 10 Mandamentos foram descaradamente adulterados. O 2º Mandamento, sobre a confecção e culto às imagens foi retirado, e o 9º Mandamento apresentado em Êxodo capítulo 20 foi dividido em 2 mandamentos no catecismo, para que nenhum ficasse "faltando".

Porquê isso, senão para mostrar que o catolicismo faz o que bem entende com a Palavra de Deus?

Ou será que isso é simplesmente uma afronta aberta à ordem de Deus?

"Se eles näo falarem segundo esta palavra, é porque näo há luz neles" (Isaías 8.20)

"(...) em nós aprendais a näo ir além do que está escrito, näo vos ensoberbecendo a favor de um contra outro." (1Cor 4.6)

Deixo aqui as palavras do apóstolo João, antes de apresentar o material completo, a fim de que o caro leitor possa, de fato, entender a seriedade do correto manuseio da espada do espírito, que é a Palavra de Deus (Ef 6.17).

"Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estäo escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estäo escritas neste livro." (Ap 22.18-19)

Agora cabe ao leitor que busca sinceramente a Verdade de Deus decidir onde está a verdade, e cabe também àqueles que defendem sua "igreja", provar, biblicamente, que não há contradições entre o catecismo e a Palavra de Deus. Uma tarefa impossível.

Boa leitura!


Assunto O que diz o Catecismo? Referências do Catecismo da Igreja Católica (CIC) O que diz a Bíblia? Referências Bíblicas Versículo chave Pergunta Há contradição? Problema
1 Autoridade Máxima A tradição da igreja e o Magistério têm a mesma autoridade quanto a Palavra de Deus. CIC (1994) P 38, #95; P35, #81 e 82; P36, #85; P42 e 43, #119 A Palavra de Deus é autoridade máxima. Sl 119.160; 12.6-7; 19.7; Pv 30.5-6; Mc 7.7-8; 2Pe 1.22-21; Mt 15.3; 22.29; 23.33; 24.35; Cl 2.8; At 17.11; Jo 14.23-24; Ml 3.6; Hb 13.8; 2Tm 3.15-16 "... Seja Deus verdadeiro e mentiroso todo homem... " (Rm 3.4) De quem é a autoridade máxima? SIM Tradições de homens em pé de igualdade com a Palavra de Deus.
2 Salvação Através da Igreja Somente através da Igreja Católica pode ser atingida toda a plenitude dos meios de salvação. P234, #816; P243-244, #846; P237 #824; P239 #830 Salvação somente pela fé em Jesus Cristo At 4.12; 10.43; Jo 1.12; 3.16-18, 36; 5.24; 6.40, 47; 20.31; Rm 1.16; 3.24; 5.9; Ef 1.7; 1Ts 5.9; "Nisto se manifestou o amor de Deus por nós, em haver Deus enviado seu Filho Unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele." (1Jo 4.9) Uma igreja e suas práticas podem realmente salvar? SIM O sacrifício de Cristo não foi suficiente para a salvação do homem.
3 Salvação pelas Boas Obras Não se salva quem não pervera na caridade. P241, #837 A Salvação vem pela fé em Cristo somente. Tt 3.5; Rm 3.28; 5.1; Gl 2.16, 21; 3.26; Jo 3.16, 18; 6.29, 40 "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie." (Ef 2.8-9) Devemos praticar as obras da Igreja para sermos salvos, ou basta crer em Cristo? SIM O sacrifício de Cristo não foi suficiente para a salvação do homem.
4 Perdão de Pecados Não há pecado algum, por mais grave que seja, que a Igreja não possa perdoar. P277, #982; P278, #986; P399, #1448; P403, #1461; P277, #979; P278 #983 Somente Deus pode perdoar pecados. Sl 25.18; 32.5; 51.2, 4; 86.5; 103.2-3; 2Cr 6.21; 7.14; Cl 3.13 "... Quem pode perdoar pecados, senão um, que é Deus?" (Mc 2.7) Quem pode realmente perdoar pecado? SIM O poder de Deus é diminuído e os homens arrogam para si poderes divinos.
5 A Única Igreja Verdadeira A Igreja Católica afirma ser ela a única e verdadeira igreja, por causa da afirmação de Jesus de que Pedro era a Pedra sobre a qual Ele fundaria a igreja (Mt 16.18) P232, #811; P234, #817; P239, 830; P235, #818 Cristo é a Rocha sobre a qual a igreja foi edificada. O próprio Pedro afirmou isso. Ef 1.22; 2.20; 5.2, 25; At 4.10-11; 1Pe 2.7; Sl 18.31; 32.3-4; 62.1-2; 94.22; Cl 1.18; 1 Cor 1.2; "Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é o cabeça, Cristo." (Ef 4.15) A Igreja Católica diz que ela é a única e verdadeira; a Bíblia diz que a igreja é formada por todos os que são salvos. Quem está com a razão? SIM Não há salvação para os que não são católicos? Ou a salvação é para todos os que crêem em Cristo?
6 O Batismo Salva O batismo é necessário para a Salvação P349, #125; P350, #1257; P339, #1212; P340, #1213 A Bíblia diz que os que creem são salvos e que o batismo vem depois de crer. A fé salva e o batismo simboliza a salvação. Jo 1.12; 1 Cor 1.17; At 8.12; 16.30-33; 18.18 "... Ali tem água. O que impede que eu seja batizado?... É lícito, se você crê de todo o coração". (At 8.36-37) O Batismo salva, ou a fé em Cristo salva? SIM O poder do sacrifício de Cristo é diminuído.
7 O Batismo perdoa Pecados O batismo perdoa pecados P351, #1263, 1265; P278, #985 A Bíblia diz que somente através da fé no sangue de Cristo derramado em nosso favor temos nossos pecados perdoados. Ef 1.7 "No qual temos a redenção pelo seu sangue, a remissão dos pecados..." (Ef 1.7) O que perdoa pecados? Um ato humano, ou o sacrifício de Cristo? SIM O poder do sacrifício de Cristo é diminuído.
8 O Batismo é o selo da Salvação O Batismo é o selo da vida eterna. P354, #1274 O Espírito Santo é o selo de garantia da vida eterna. Ef 1.13 "E não entristeçais o Espírito de Deus, com o qual fostes selados para o dia da redenção." (Ef 4.30) De onde vem o selo? De um procedimento ou de Deus? SIM Falsa idéia e segurança da salvação.
9 O Papa é o vigário de Cristo O Papa é o vigário (substituto) de Cristo na Terra. P253, #882; P255, #891 O Espírito Santo é o substitudo de Cristo na Terra. Jo 14.26; 16.13 "Eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que eu esteja sempre convosco." (Jo 14.16) Quem é o vigário de Cristo? Um homem, ou o próprio Espírito Santo de Deus? SIM Colocam um homem em pé de igualdade com o Espírito Santo
10 O Papa tem poder supremo O Papa tem, pos instituição divina, poder supremo, pleno, imediato e universal na cura das almas. P266, #937 Somente Deus, Cristo, e o Espírito Santo possuem tais atributos. Ef 5.23; Ap 15.4 "Eu sou o Senhor, este é o menu nome; a minha glória, pois, não darei a outrém." (Isaías 42.8) O Papa é Deus na Terra? SIM Colocam um homem em pé de igualdade com Deus
11 A Infalibilidade dos líderes católicos O Papa e o Magistério são infalíveis. P255, #889-890; P538, #2051 A Bíblia diz que não há justo e nem alguém que nunca peque. Rm 3.10, 23 "O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo?" (Jeremias 17.9) Homens imperfeitos são infalíveis? A Bíblia diz que nenhum homem é infalível. SIM Infalibilidade é sinônimo de perfeição. Atributo exclusivo de Deus.
12 Os Sacramentos Salvam Os sacramentos são necessários à salvação. P314, #1129 A Bíblia diz que somente a fé no sacrifício de Cristo salva. Jo 20.31; Rm 3.20 "Somos como o impuro — todos nós! Todos os nossos atos de justiça são como trapo imundo." (Isaías 64.6) Observação de atos religiosos salvam? A Igreja diz que sim, a Bíblia diz que não. SIM O sacrifício de Cristo não foi suficiente para a salvação do homem. O homem depende de Deus, ou da Igreja para ser salvo?
13 O Pecado da Presunção Afirmar em vida que já é salvo é cometer o pecado da presunção. P551, #2092 A Bíblia nos dá a certeza de que se cremos em Cristo de todo o coração, já somos salvos. 1Jo 2.25; 5.13; Jo 1.12; 3.3, 16; 6.37, 40, 44; 10.27-28; Fp 1.23; Tt 1.2; Rm 8.17 "Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida." (Jo 5.24) Podemos ter a certeza de nossa salvação? A Bíblia diz que sim, a Igreja diz que não. SIM Porque impedir que as pessoas tenham essa certeza? Para continuarem presas às Igreja?
14 Batismo Infantil O batismo infantil liberta do poder das trevas (O próprio catecismo afirma que essa prática é uma tradição e não é bíblica). P348, #1250, 1252 A Bíblia não registra batismo infantil. Somente de adultos que tinham ciência do sacrifício de Cristo. O batismo era a representação do ato de morrer para o mundo e ressuscitar com Cristo. O batismo sempre veio DEPOIS da salvação. Mt 3.6, 16; At 8.12, 38; 18.8 At 2.41; 16.30-33 "Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo." (Cl 2.8) Devemos ser batizados para sermos salvos, ou é o contrário, segundo a Bíblia? SIM Falsa idéia e segurança da salvação.
15 Graus de Pecados O Catolicismo ensina que existem graus de pecados. (veniais, mortais) P498, #1861-1862; P497, #1854; P286, #1014; P291, #1033; P292, #1035, 1037 A Bíblia diz que perante Deus, todo e qualquer pecado tem o mesmo peso e Deus odeia o pecado! 1 Jo 3.4; Rm 3.23; 6.23 "Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei." (1 Jo 3.4) Em quem acreditar? Existem pecados "toleráveis" aos olhos de Deus? SIM Considerar que existem pecados maiores ou menores é chamar a Deus de mentiroso!
16 Transubstanciação Pela palavra do sacerdote o pão e o vinho são transformados na carne e no sangue de Cristo. (Apesar de não beberem do Cálice) P380, #1376-1377; P367, #1333 A Santa Ceia é um memorial do Sacríficio de Cristo ("fazei isto em memória de mim"). Jo 6.33-35, 40, 53-54, 63; 1 Cor 11.23-25; Lc 22.19 "Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que ele venha." (1 Cor 11.26) Em quem acreditar? No literal ou no figurado? SIM Sem comentários.
17 A Eucaristia preserva o fiel do Pecado A Eucaristia não pode unir os fiéis a Cristo sem purificar dos pecados passados e futuros. P385, #1393; P386, #1395 O que purificado do pecado é o sangue de Cristo, e quem nos guardo do pecado é Deus. 1Jo 1.7; Sl 32.7; 121.7; 2Tm 4.18 "Ele que nos ama e nos libertou dos nossos pecados por meio do seu sangue" (Ap 1.5) Isso não seria tirar todo o mérito do sacrifício de Cristo por nós? SIM O sacrifício de Cristo não foi suficiente para a salvação do homem. O homem depende de Deus, ou da Igreja para ser perdoado?
18 A Eucaristia ajuda os mortos A Eucaristia também é oferecida aos fieéis "defuntos" que morreram em Cristo mas ainda não estão purificados de seus pecados. P378, #1371; P460, #1689 Isso nunca é mencionado nas Escrituras. Mas quem morre "em Cristo", morreu salvo. ----- "Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida." (Jo 5.24) Tradição de Homens? SIM Isso seria para "prender" os fiéis que ainda querem ajudar seus entes falecidos?
19 Maria Salva Maria nos ajuda a alcançar os dons da salvação eterna e está unida à obra salvífica por um vínculo indissolúvel. P274, #969; P273, #968; P330, #1172 Não há salvação em nenhum outro além de Jesus. At 4.12; Jo 10.9; Isaías 43.11; Os 13.4; 2Sm 22.3; Mt 1.21; Lc 2.11; Fp 3.20 "Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim." (Jo 14.6) Maria Salva, ou Jesus salva? Porque roubar a Honra que pertence somente a Cristo? Ele morreu e ela leva a honra? SIM Cristo, ou seja, Deus, não precisa da ajudar de ninguém para completar sua Obra Redentora.
20 Maria: Nascida sem Pecado Maria permaneceu pura de todo o pecado por tuda a sua vida. P139, #493-494; P209, #722; P138, #491 O próprio catecismo diz que essa idéia não é bíblica. Nas Escrituras há somente um que nunca pecou: Jesus Cristo! Ela mesma disse que precisava de um Salvador (Lc 1.46-47). Rm 3.10, 12, 23; 2Cor 5.21 "... sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado." (Hb 4.15) Crer na Palavra de Deus ou na tradição da Igreja? SIM Sem comentários.
21 A exaltação a Maria A piedade da Igreja à Maria é intrínseca ao culto cristão. P274, #971 Jesus nunca exaltou Maria em toda a narrativa Bíblica e também isso não é mencionado em nunha dos livros do NT. --- "Quando Jesus dizia estas coisas, uma mulher da multidão exclamou: "Feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou". Ele respondeu: "Antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e lhe obedecem"." (Lc 11.27-28) O que é mais importante segundo Cristo? Exaltar Maria ou obedecer a Deus? SIM Isso é fazer com que as pessoas coloquem os olhos sobre Maria ao invés de colocarem sua fé TOTAL em Cristo.
22 Maria: Virgem Perpétua Maria permaneceu virgem para sempre. Os "supostos" irmãos de Cristo eram filhos de outra Maria. P143, #510; P141, #499-500 A Bíblia declara que ela teve outros filhos. Mc 6.3; Sl 119.160 "Não é este o filho do carpinteiro? O nome de sua mãe não é Maria, e não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas?" (Mt 13.55) Porque distorcer as Escrituras? Só para fazer com que as tradições se "encaixem" nelas? SIM Sem comentários.
23 Maria: Fonte de Santidade A Igreja Católica reconhece sua fonte de santidade em Maria, a Virgem Santíssima. P534, #2030 A Bíblia afirma que Deus é o único modelo de santidade ("A minha glória não dou a outro" - Isaísa 48.11), e a própria Maria se reconhece como pecadora que necessitava de um Salvador (Lc 1.46-48) Ap 15.4; Sl 99.3, 5, 9; Is 6.3; 48.11 "Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: "Sejam santos, porque eu sou santo"." (1Pe 1.15-16) Quem é Santo? Será que se tivéssmos que nos espelhar em Maria a Bíblia não iria nos dizer? Quem é seu modelo de santidade? SIM Isso é exaltar Maria ao posto de Deus e, consequentemente, deixá-lO em segundo plano.
24 Maria: A intercessora Maria é advogada, auxiliadora, protetora e medianeira. P274, #969 A Bíblia diz que esses quatro títulos são exclusivos de Cristo e de Deus: advogado (1 Jo 2.1); auxiliador (Sl 54.4; Hb 13.6); protetor (Sl 144.2) e mediador (1Tm 2.5; Hb 9.15) Hb 7.25; 9.24; Rm 8.27 "Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós." (Rm 8.34) Quem é intercessor? (Cristo, com base bíblica) ou Maria (pela palavra dos homens)? SIM Novamente, os atributos exclusivos de Cristo e de Deus vão para a CRIATURA.
25 Maria: Recipiente de Preces Maria é quem acolhe as nossas preces. P687, #2677; P274, #971 Devemos orar a Maria? A Bíblia diz que não! Mais uma tradição sem base bíblica. Jr 33.3; Sl 33.2; 37.39; 41.1; 50.15; 55.17, 22; 86.6-7; 91.15; 145.18 "Eu, porém, clamo a Deus, e o Senhor me salvará." (Sl 55.16) Jesus orou à Maria? Ou foi à Deus? SIM Você vai colocar suas orações numa tradição de homens?
26 Maria: A Rainha de Todas as Coisas Maria foi coroada Rainha do Universo por Cristo P273, #966 Onde está a base para isso? Sem ataques, mas a única mênção de uma Rainha nas Escrituras se refere a uma Deus Pagã (Jr 7.18-19; 44.17) Sl 18.46; 21.13; 46.10; 47.9; 57.5; Fl 2.9-11 "Teus, ó Senhor, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu. Teu, ó Senhor, é o reino; tu estás acima de tudo." (1Cr 29.11) Glória ao Rei ou à tradição? SIM Isso não seria para afastar o coraçãos das pessosa de Deus?
27 A Missa A missa é a renovação do sacrifício de Cristo. P377, #1367; P376, #1364; P389, #1405; P376, #1367 A Bíblia diz que Cristo morreu uma ÚNICA vez, para todo o SEMPRE. Hb 7.27; 9.12, 26, 28; 10.10; 1 Pe 3.18 "Mas quando este sacerdote (Cristo) acabou de oferecer, para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à direita de Deus." (Hb 10.12) Devemos renovar o sacrifício de Cristo, segundo a Igreja Católica, ou aceitar o que a Bíblia diz - "uma única vez, para sempre"? SIM Isso é falta de confiança no sacrifício de Cristo. É o mesmo que chamá-lo de incompetente!
28 Purgatório Os que morrem na graça e na amizade de Deus, mas não estão
completamente purificados, embora tenham garantida a sua salvação
eterna, passam, após a morte, por uma purificação, a fim de obterem a
santidade necessária para entrarem na alegria do céu.
P269-270, #954; P290, #1030-1031 Não há mênção de purgatório na Bíblia. O próprio catecismo afirma: "A Igreja formulou a doutrina da fé relativa ao Purgatório sobretudo no
Concílio de Florença e de Trento".
--- "Portanto, agora já não há (NENHUMA) condenação para os que estão em Cristo Jesus." (Rm 8.1) Em quem acreditar? Na Palavra de Deus, ou em tradições? SIM Sem comentários.
29 Orar aos Santos "Podemos e devemos pedir-lhes que intercedam
por nós e pelo mundo inteiro"
P689, #2683; P270, #956-957; P238, #828 As Escrituras afirmam que todos os que são feitos flhos de Deus, pela fé em Cristo, são santos (do grego hagios, separados). Isso, sem falar que Deus condena a prática de comunicação com os mortos (Dt 18.10-12) Ef 3.8; 4.11-12; At 9.13, 32, 41; Rm 8.27; 12.13; 15.25-26, 31; 16.2, 15; 1 Cor 6.1; 2 Cor 1.1; Jd 14 "Paulo e Timóteo, servos de Cristo Jesus, a todos os santos em Cristo Jesus que estão em Filipos, juntamente com os bispos e diáconos" (Fl 1.1) Só pode haver uma verdade. De que lado está a verdade? SIM O que os mortos podem fazer por nós?
30 Orar Pelos Mortos "A nossa oração por eles pode não
somente ajudá-los, mas também tornar eficaz a sua intercessão por nós."
P271, #958; Sem base bíblica. Não podemos mudar a condição de quem se foi pois "o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo" (Hb 9.27). Eles também nada podem fazer por nós. --- "... pois a sepultura não pode louvar-te, a morte não pode cantar o teu louvor... Os vivos, somente os vivos, te louvam, como hoje estou fazendo; os pais contam a tua fidelidade a seus filhos." (Isaías 38.18-19) Se Cristo, que está vivo com Deus, intercede por nós, pra devemos orar pelos mortos que nada podem fazer? SIM O que os mortos podem fazer por nós?
31 Imagens "Através das santas imagens da santa mãe de Deus, dos anjos e
dos santos, veneramos as pessoas nelas representadas."
P335, #1192; P327, #1161 Deus proíbem veementemente tal prática. O próprio catolicismo reconhece que essa doutrina não veio de Deus ao afirmar "Esta doutrina veio dos "santos padres" e da "tradição da Igreja Católica". Dt 4.15-16, 23; 16.22; Ex 20.5; 1 Cor 10.19-20; Lv 19.4; 26.1; 1 Cor 5.11; Ef 5.-6; Sl 135.15-18 "Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há
em cima nos céus, nem embaixo na terra." (Ex 20.4)
Se Deus proíbe, porque ficar tentando dar um "jeitinho" cheio de justificações? SIM Sem comentários.
32 Confirmação "A Confirmação aperfeiçoa a graça batismal; é o sacramento que dá o
Espírito Santo para enraizar-nos mais profundamente na filiação divina;
incorporar-nos mais firmemente a Cristo, tornar mais sólida a nossa
vinculação com a Igreja". A Confirmação, como o Batismo, imprime na alma do Cristão um sinal
espiritual ou caráter indelével; razão pela qual só se pode receber este
sacramento uma vez na vida".
P363-364, #1316; P364, #1317; P356, #1288 Supostamente a Confirmação incorpora os Católicos mais firmemente a
Cristo. Mas a Bíblia não ensina tal doutrina. De acordo com a Palavra de
Deus, ou você está ou não está em Cristo. Você pode procurar na Bíblia, mas realmente não encontrará coisa alguma
sobre imprimir marca espiritual nas almas dos Cristãos. O Catecismo nos
diz por que:
"A imposição das mãos é com razão reconhecida pela tradição católica
como a origem do sacramento da Confirmação". Ou seja, mais tradição.
Ef 2.13; Rm 8.1, 38-39; "E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as cousas antigas já
passaram; eis que se fizeram novas." (2 Cor 5.7)
Tradição de Homens? SIM Sem comentários.
33 Confirmação II "Se um Cristão estiver em perigo de morte, todo presbítero deve dar-lhe a
Confirmação. Com efeito a Igreja quer que nenhum dos seus filhos, mesmo
se de tenra idade, deixe este mundo sem ter se tornado perfeito pelo
Espírito Santo com o dom da plenitude de Cristo."
P363, #1314; P355, #1285 Qual o real propósito da confirmação? O resultado prático deste ritual é manter as pessoas toaalmente presas à
Igreja Católica. Surpreendentemente o Catecismo admite isso: "Com efeito, pelo sacramento da Confirmação [os fiéis] são vinculados mais
perfeitamente à Igreja..."
Mas, por que alguém necessitaria ficar mais vinculado às regras da Igreja Católica, considerando que Jesus veio para tornar as pessoas livres?
Jo 8.36 "Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não
vos submetais, de novo, a jugo de escravidão." (Gl 5.1)
Você se considera escravo da Igreja Católica, ou um livre Filho de Deus? SIM Porque a igreja teima em manter os fiéis por perto sempre desviando o foco da pessoa de Jesus Cristo?
34 Confissão ao Sacerdote "Aquele que quiser obter a reconciliação com Deus e com a Igreja deve
confessar ao sacerdote todos os pecados graves que ainda não con-fessou
e de que se lembra depois de examinar cuidadosamente a sua
consciência." Somente os sacerdotes que receberam da autoridade da Igreja a faculdade
de absolver podem perdoar os pecados em nome de Cristo."
P411, #1493; P401, #1456; P392, #1424; P415, #1495; P399, #1448; P401, #1456 Novamente, não achamos base bíblica para isso. Devemos confessar nossos pecados somente a Deus, pois todo pecado é cometido contra Ele; somente contra Ele. Baseiam-se no texto de Jo 20.23: "Se perdoarem os pecados de alguém, estarão perdoados; se não os perdoarem, não estarão perdoados". Um versículo fora de contexto. A Interpretação correta é: "Se perdoarem, terão perdoado e serão perdoados; Se não perdoado, não terão perdoado e não terão perdão." É confuso de se entender, mas NUNCA devemos montar toda uma doutrina baseados em um só versículo mal interpretado. No Livro de Atos, um homem chamado Simão veio ao suposto primeiro
Papa, Pedro, desejando comprar o poder do Espírito Santo. Como Pedro
lhe respondeu a este pecado? Ele sugeriu que Simão lhe fizesse uma
confissão ali mesmo? Não, Pedro disse-lhe para se arrepender e confessar
seu pecado a Deus e pedir perdão a Deus. (At 8.18-22).
Sl 32.5; 51.2-3; Hb 10.19; 1 Jo 1.9 "Por que fala ele deste modo? Isto é blasfêmia! Quem pode perdoar
pecados, senão um, que é Deus?" (Mc 6.7)
Só há uma verdade. Quem está certo: a Igreja ou Deus? SIM Novamente, desviando o foco de Deus para os homens e para a Igreja.
35 Confissão ao Sacerdote: Obrigação "Conforme o mandamento da Igreja, 'todo fiel depois de ter chegado à idade
da discrição, é obrigado a confessar' fielmente seus pecados graves, pelo
menos uma vez por ano."
P401, #1457 Eis aí novamente a "obrigação". Os Padres da Igreja criaram outra tradição que mantém as pessoas presas à Igreja Católica. Que argumento poderoso para se apresentar aos Católicos do mundo inteiro! Em essência, esta doutrina diz que se você deixar a Igreja Católica, não poderá mais ter os seus pecados perdoados, o que significa que você
não poderá ir para o céu. Por favor, lembre-se, nada disso veio de Deus! São todas ameaças feitas por homens. Possa Deus abrir seus olhos espirituais e dar-lhe compreensão, de modo que você possa ver a profundidade dos ligamentos com que esta religião o envolve. Possa Deus mostrar-lhe que você não tem mais de continuar cativo desta religião. Jesus Cristo deseja que você seja livre.
--- "Das profundezas clamo a ti, Senhor. Escuta a minha voz: estejam alerta os
teus ouvidos às minhas suplicas. Se observares, Senhor, iniqüidades, quem
Senhor, subsistirá? Contigo, porém, está o perdão, para os que te temem." (Sl 130.1-4)
Só há uma verdade. Quem está certo: a Igreja ou Deus? SIM Novamente, desviando o foco de Deus para os homens e para a Igreja.
36 Indulgências "Pelas indulgências, os fiéis podem obter para si mesmos e também para as almas do purgatório a remissão das penas temporais, seqüelas do pecado" P411, #1498; P406, #1471-1472 Não há mênção nas Escrituras sobre. O Catecismo diz: "Para compreender esta doutrina e esta prática da Igreja, é preciso admitir
que o pecado tem uma dupla conseqüência." O pecado só tem uma consequência: A morte. Fim de conversa;
Rm 6.23 "Então a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado,
uma vez consumado, gera a morte." (Tiago 1.15)
Só há uma verdade. Quem está certo: a Igreja ou Deus? SIM Esta é mais uma prática que diminui o poder do sacrifício de Cristo e mantém o fiel preso à Igreja.
37 Interpretando a Palavra de Deus "O encargo de interpretar autenticamente a Palavra de Deus foi confiado
exclusivamente ao Magistério da Igreja, ao Papa e aos bispos em
comunhão com ele."
P38, #100 As Escrituras afirmam que todos aqueles que ouvem a Palavra devem examiná-las e, com o auxílio do Espírito, compreendê-las. É a Palavra de Deus que O revela e que mostra quem Ele é. Afastar-se da Palavra é deixar de conhecer a Deus mais e mais a cada dia. At 17.11; Jo 5.39; 14.26; Sl 119.11, 97-99; Pv 7.2-3 "Respondeu-lhes Jesus: não provém o vosso erro de não conhecerdes as
Escrituras, nem o poder de Deus?" (Mc 12.24)
Porque a Igreja afirma que somente os líderes podem interpretar as Escrituras? Para os fiéis não encontrarem nelas as contradições? SIM Sem comentários.
38 Prece Católica ""A oração não se reduz ao surgir espontâneo de um impulso interior; para
rezar é preciso querer. Não basta saber o que as Escrituras revelam sobre a
oração; também é indispensável aprender a rezar."
P608, #2650 "o Catecismo exige: "Não basta saber o que as Escrituras revelam sobre a oração; também é indispensável aprender a rezar e é por uma transmissão viva (a Sagrada Tradição) que o Espírito Santo na 'Igreja Crente e Orante' ensina os filhos
de Deus a rezarem." Aqui o Catecismo afirma que as Escrituras não podem ensinar a orar. Para isso você tem a Igreja Católica. Novamente, as ordens expressas nas Escrituras são deixadas de lado.
Sl 3.4; 30.2; 62.8; 120.1 "E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque
presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos." (Mc 6.7)
Temos um impasse. A Bíblia condena a forma de oração do Catolicismo e a
Igreja Católica condena a forma bíblica de oração. Obviamente você vai ter
de escolher um dos lados.
Vai ficar do lado de Deus e sua Santa Palavra, ou com as tradições de
homens?
SIM Novamente, afastam as pessoas de Deus.
39 Penitência "A absolvição tira o pecado, mas não remedia todas as desordens que ele causou. Liberto do pecado, o pecador deve ainda recobrar a plena saúde espiritual. Deve, portanto, fazer alguma coisa a mais para reparar seus pecados; deve 'satisfazer' de modo apropriado ou 'expiar' seus pecados. Esta satisfação chama-se também 'penitência'... "(A penitência) pode consistir na oração, numa oferta, em obras de
misericórdia, no serviço do próximo, em privações voluntárias, sacrifícios, e principalmente na aceitação paciente da cruz que temos de carregar."
P402, #1495, 1460; P291, #1032 Como já foi amplamente explicado, Cristo pagou o preço total por nossos pecados no Calvário. Acreditar que boas obras são necessárias para se recobrar a "plena saúde espiritual" é negar a Palavra de Deus. Deus faz esta promessa a todos os que colocam sua fé em Jesus Cristo. Veja ainda: "A Igreja recomenda também as esmolas, as indulgências e as obras de penitência em favor dos defuntos." Novamente, não há base bíblica para isso. Sl 86.5; Gl 2.16, 21 "Também de nenhum modo me lembrarei dos seus pecados e das suas
iniquidades, para sempre. Ora, onde há remissão destes, já não há oferta
pelo pecado." (Hb 10.17-18)
Será por mera coincidência que esta doutrina anti-bíblica mantém as
pessoas cativas da Igreja Católica?
Aao lado de quem você vai ficar neste caso? ...
das tradições humanas ou da Palavra de Deus?
Sem comentários.
40 Os católicos são CRISTO "Alegremo-nos, portanto, e demos graças por nos termos tornado não
somente Cristãos, mas o próprio Cristo... Admirai e rejubilai, nós nos tornamos Cristo."
P228, #795 Esta doutrina é ensinada hoje, mas não na Bíblia. É um ensino ocultista da Nova Era. O espaço não nos permite estender a discussão sobre este assunto aqui, mas certamente poderá ser um estudo fascinante para os Católicos interessados. O que Deus diz? "Assim como no meio do povo surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão dissimuladamente heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor, que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição". (2Pe 2.1) --- "Porque virão muitos em meu nome, dizendo: eu sou o Cristo, e enganarão
a muitos." (Mt 24.5)
Esta doutrina incrível sugere que todo Católico Romano é, de fato, Jesus
Cristo! O Criador do Universo, o Rei dos reis e o Senhor dos senhores foi
destronado e declarado nada melhor do que qualquer Católico que anda aí
pela rua!
Você pode aceitar isto? A Bíblia não pode.
SIM Caro amigo Católico, você de fato acredita que é realmente Cristo? Agradalhe
saber que o Movimento ocultista Nova Era endossa a posição da sua
Igreja, enquanto a Bíblia a condena?
41 Reconciliação "O perdão dos pecados reconcilia com Deus, mas também com a Igreja." P403, #1462 O tema da Bíblia inteira é o homem sendo reconciliado com Deus através do sangue derramado por Cristo.Novamente, a Bíblia e o Catecismo entram em choque. A Palavra de Deus ensina a necessidade de se reconciliar com Deus mas não com a Igreja Católica. Paulo pregou que as pessoas deveriam se reconciliar com Deus, mas jamais que deveriam se reconciliar com qualquer igreja, muito menos com a Igreja Católica. Se o seu destino eterno repousa somente em estar reconciliado com uma
Igreja, iria Deus omitir informação tão vital em Sua Palavra? E você? Está mais preocupado em reconciliar-se com Deus ou com a Igreja Católica?
Cl 1.20; 2 Cor 5.18; Ef 2.16; Rm 5.10, 18 "De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus
exortasse, por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos
reconcilieis com Deus." (2 Cor 5.20)
Reconciliar-se com Deus é bíblico, mas reconciliar-se com a Igreja Católica
é uma tradição de homens.
SIM O Catecismo ameaça dizendo que, se você não se reconciliar com a Igreja
Católica, não pode ir para o céu. Onde foi ela buscar autoridade, a fim de
criar tal doutrina, desde que esta não se encontra na Bíblia?
42 Celibato "Todos os ministros ordenados da Igreja Latina, com exceção dos diáconos
permanentes, normalmente são escolhidos entre os homens fiéis que vivem
em celibato e pretendem manter o celibato 'por causa do Reino dos Céus'."
P433, #1579 O celibato é um sacrifício que Deus requer dos seus servidores, ou é uma outra tradição de homens? Se Pedro foi supostamente o primeiro Papa, ele foi casado (Mc 1.30; Mt 4.18; 10.2). Esta doutrina Católica, bem como todas as outras sobre as quais temos discutido, opõe-se diretamente à Palavra de Deus. Deus instituiu o casameto (Gn 2.18). Devemos nos indagar por que o Catolicismo ensinaria que o celibato "proclama radiantemente o Reino de Deus", quando o Senhor declarou que esta doutrina se originou no inferno. Deus instituiu o casamento para espalhar sua imagem por toda a Terra. Esse é uma ordem à todos, inclusive aos líderes da igreja (1 Tm 3; Tt 2). É exatamente esse o plano de Satanás: tentar impedir que isso aconteça. Hb 13.4; 1 Tm 3.2, 12; Pv 5.18 "Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns
apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores, e a ensinos de
demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras, e que têm cauterizada a
própria consciência, que proíbem o casamento..." (1 Tm 4.1-3)
Agora que você já sabe o que a Bíblia ensina sobre este assunto, deve
decidir se vai acreditar na Palavra de Deus ou nas tradições da Igreja
Católica.
SIM Meu amigo católico, saiba que optando por não se casar, não sendo esse o seu dom, mas im uma imposição da Igreja, você está na contramão da vontade de Deus para sua vida. A quem você vai escolher agradar?
43 Últimos Ritos "Se o sacramento dos Enfermos é concedido a todos que sofrem de
doenças e enfermidades graves com mais razão ainda cabe aos que estão
às portas da morte... A Unção dos Enfermos completa e nossa conformação
com a Morte e Ressurreição de Cristo, como o Batismo começou a fazê-lo."
P416, #1515- 1517; P418, #1523-1524 Uma vez que este rito só pode ser realizado por um padre ou outro líder Católico, ele mantém os membros presos à religião Católica exatamente até o momento da morte. O Catecismo também ensina que os Últimos Ritos são a "semente da vida eterna". Mas a Bíblia discorda, declarando que este rito nem é "semente de vida eterna" nem é "poder de ressurreição". Estas são doutrinas humanas que Deus não iniciou e nem endossou. Este ato é nada mais que uma boa obra terrena final, a qual a Bíblia afirma não ter valor algum. Fl 2.8-9; Jo 3.16-18 "...para ganhar a Cristo, e ser achado nele, não tendo justiça própria, que
procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que
procede de Deus, baseada na fé." (Fl 3.8-9)
Regras e mais regras! Por favor, lembre-se, Deus jamais ordenou qualquer
uma delas. Os homens é que as criaram todas.
SIM Personagem algum da Bíblia jamais administrou os Últimos Ritos. Esta
doutrina desliza com os mandamentos dos homens. Você vai colocar sua fé
e confiança nestas regras e regulamentos humanos ou em Jesus Cristo?
44 Confusão - Quem vai para o Céu? "Com a nossa autoridade apostólica definimos que, segundo a disposição
geral de Deus, as almas de todos os santos mortos antes da Paixão de
Cristo (...) e de todos os outros fiéis mortos depois de receberem o santo
Batismo de Cristo, nos quais não houve nada a purificar quando morreram,
(...) ou ainda, se houve ou há algo a purificar, quando, depois de sua morte,
tiverem acabado de fazê-lo, (...) antes mesmo da ressurreição nos seus
corpos, e do Juízo geral, e isto desde a ascensão do Senhor e Salvador
Jesus Cristo ao céu, estiveram, estão e estarão no Céu, no Reino dos Céus,
e no paraíso celeste com Cristo, admitidos na sociedade dos santos anjos.
Desde a paixão e a morte de nosso Senhor Jesus Cristo, viram e vêem a essência divina com uma visão intuitiva, e até face a face, sem a mediação
de nenhuma criatura."
P288-289, #1023 Quem jamais poderia entender isto?
Por que um conceito tão simples da Bíblia é tornado tão confuso? Claro que Deus deseja que todos entendam como alcançar o céu. Iria um Deus verdadeiro e amoroso fazer regras tão complexas, que ninguém pode entender, para alcançar o céu? "Porque Deus não é de confusão; e, sim, de paz. Como em todas a igrejas dos santos." (1 Cor 14: 33)
Se Deus não é o autor desta confusa lista de regras Católicas, então, quem é?
Jo 3.36; 2 Cor 11.3; 2 Pe 3.9; Sl 71.1 "Em verdade, em verdade vos digo: Quem ouve a minha palavra e crê
naquele que me enviou, tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou
da morte para a vida." (Jo 5.24)
Será que a Igreja Católica deseja realmente que você chegue ao céu? Trocando a simplicidade do evangelho por tantas regras e interpretações mirabolantes. SIM Deus não deseja vê-lo confuso. Se o Catecismo com a doutrina Católica já
o deixou confuso, talvez você devesse começar a colocar sua confiança na
Palavra de Deus.
45 Falsos Profetas Todas as interpretações mirabolantes acima, somados à tradição dos homens. Soma dos itens acima. Nisso a Bíblia concorda. "Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo". (Cl 2.8) Cristo nos alertou: " Gl 5.10, 12; Jr 23.26; Mt 24.24; At 13:10; 15:1, 24; 2Cor 2:17; 4.2; 1Tm 4.1-3; 2Tm 2.18; 3.8-9; 4.3-4; Tt 1.10-11; 2Pe 21-3; 1Jo 2.18-19; 2.26; 4.1; 2Jo 1.7, 10; Jd 1.4; Apo 2.2; 2.6; 2.14-15; 2.20; 12.9; 13.14; 19.20; 20.3
"Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos. Você, porém, seja sóbrio em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério." (2 Tm 4.3-5) A quem você dará ouvidos? Você é realmente temente a Deus? NÃO A Escolha é sua!


"No passado surgiram falsos profetas no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresias destruidoras, chegando a negar o Soberano que os resgatou, trazendo repentina destruição sobre eles. Muitos seguirão os caminhos vergonhosos desses homens e, por causa deles, será difamado o caminho da verdade. Em sua cobiça, tais mestres os explorarão com histórias que inventaram. Há muito tempo a sua condenação paira sobre eles, e a sua destruição não tarda." (2 Pe 2.1-3)





"O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo. Pois, se alguém lhes vem pregando um Jesus que não é aquele que pregamos, ou se vocês acolhem um espírito diferente do que acolheram ou um evangelho diferente do que aceitaram, vocês o suportam facilmente." (2 Cor 11.3-4)




"Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo. Mas ainda que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado! Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo." (Gálatas 1.6-10)



Fonte: Por Amor aos Católicos Romanos; JONES, Rick; Chick Publications http://www.chick.com/reading/books/0221/0221cont.asp